30/09/2009

Ana Gomes


A Drª Ana Gomes fez mais uma declaração marcante, num saudável panorama democrático e de respeito, para somar algumas que marcam o seu passado. Quando existem outras personalidades, ou importantes figuras do estado que pensam de uma maneira diferente da sua, ela responde à sua maneira...
Vou deixar três das suas declarações, e depois cada um pensa como quiser...

Clica para ler as noticias completas:
Sobre o Presidente da Republica, Cavaco Silva:
"A intervenção do Presidente da República encavacou todos os portugueses, porque foi patética..." - TSF
"É patético que o Presidente da Republica tenha situado tudo quando estava na sua casa de férias..." - Publico

Sobre o ex-primeiro ministro e ex-presidente da Câmara de Lisboa, Santana Lopes:
A eurodeputada Ana Gomes fez hoje um ataque cerrado a Pedro Santana Lopes acusando-o de "parolice" e "provincianismo abjecto"...
- Publico

Sobre Manuel Alegre:
"Não considero que Manuel Alegre tenha autoridade moral para fazer o repto que fez..." - DN

9 comentários:

  1. Compreendo que o autor deste blog não goste do PS. Compreendo que o autor deste blog não goste da Dra. Ana Gomes.

    Em democracia podemos exprimir os nossos gostos em total liberdade.

    É saudável!

    É por isso que exprimo a minha discordância em relação à crítica que se faz neste “post” à Dra. Ana Gomes.

    É verdade:

    Cavaco silva foi patético! E não foi patético nesta última comunicação. Está a ser patético desde que deixou que se criasse à sua roda a teoria mirabolante das escutas que depois foi desmontada da forma que foi. Está a ser de tal forma patético que NENHUM partido deixou de criticar a sua actuação neste caso. Cavaco Silva mandou às malvas a magistratura de influência. Na prática jogou fora a credibilidade que se exige a um Presidente da República.
    Cavaco Silva foi à lã e saiu tosquiado. Acontece…!

    É verdade:

    É de um “provincianismo abjecto” e é “parolo” chamar um arquitecto estrangeiro que custa 600€ à hora, só porque é estrangeiro e dessa forma se justifica a bondade de uma opção política.

    É verdade:

    Manuel alegre não tem qualquer legitimidade para dar lições de moral em algumas áreas da nossa vida política.
    Manuel Alegre saiu do parlamento para se candidatar à presidência da república?
    Fernando Seara saiu do parlamento, demitiu-se do cargo de deputado, para se candidatar à CMS?

    Se falar verdade é pecar a Dra. Ana Gomes é uma das maiores pecadoras da vida pública nacional.
    Que ganha Sintra em eleger a Dra. Ana Gomes? Alguém que não cede a interesses na defesa daquilo em que acredita. Alguém que luta por aquilo em que acredita sem olhar a partidos ou convenções de “Realpolitik”. Alguém dinâmico e verdadeiramente empenhado em construir um desenvolvimento sustentado para o concelho de que tanto gostamos.

    Cumpts.

    Quiebro

    ResponderEliminar
  2. Eu não tenho preferências partidárias, não sou filiado, e o meu voto é volátil., já frisei isto por diversas vezes. O meu voto varia consoante quem eu acho que merece a minha confiança. Apenas Isso. Eu não me escondo no anonimato, para expressar as minhas opiniões, e também nunca defendi o voto em ninguém, nem em nenhuma cor politica. Gostaria que me provassem do contrario…

    Relativamente à Dra Ana Gomes, ela é totalmente livre para expressar a sua opinião. Isso é democracia. No entanto não concordo com a sua falta de modos e de linguagem. Ana Gomes é totalmente comparável com o Dr. Alberto João Jardim, pois quando não concordam com outra opinião ou comportamento político, parte para a agressão verbal fácil. Pateta? Parolo?... Parece conversa de tasca…

    Como seria a politica em Portugal, se todos tivessem estes comportamentos? Chamar pateta ao Presidente da Republica??? Até pode pensar, mas como eurodeputada fica-lhe muito mal fazer essa declaração à Comunicação Social.

    O que efectivamente não gostei, é o facto de este tipo de declarações despropositada, ficarem ligadas ao Concelho de Sintra, e a uma pessoa que pretende ser o rosto de Sintra. Será que os habitantes do Concelho se revêem nestes comportamentos, e querem ter estes comportamentos a gerir o Concelho. O povo é soberano, o povo o dirá…

    ResponderEliminar
  3. Vou comentar este post, com o mesmo tipo de liguagem de Ana Gomes: "Esta gaja tá descansada, pois mesmo que perca o concelho de Sintra, tem as tetas em Bruxelas sempre a pingar. A mama está garantida. Se ela conseguir vencer o tótó do Benfiquista Careca, fica com a mama mais perto de casa, é mais confortavel. O cromo do socrates até lhe agradecia, pois ganhava uma Camara importante."

    Pensando bem, até era muito giro que todos os politicos tivessem este tipo de linguagem...

    ResponderEliminar
  4. Para o bem de Sintra e dos sintrenses espero que a Dra Ana Gomes vá direitinha para a europa! Força Fernando Seara, com o André Beja a ajudar na oposição! Como bom escoteiro que foi (no agrupamento de Sintra) tenho a certeza que o André fará tudo o que puder para por o Seara na linha sempre que for preciso! :D

    Rui

    ResponderEliminar
  5. É esta candidata que pensa que Sintra é Timor e os Sintrenses Indonésios? E que Fernando Seara é o Ali Alatas... Estamos falados... O PS local já não sabe o que fazer, lamento porque são boa gente, comandados por uma egomaniaca mal educada, que não serve o PS mas que se serve do PS.

    ResponderEliminar
  6. Um objectivo realista é manter as câmaras que temos" no espaço da Federação da Àrea Urbana de Lisboa (FAUL) e "ganhar Oeiras", afirma o presidente da FAUL, Joaquim Raposo.

    O autarca, que preside à Câmara da Amadora, falava aos jornalistas hoje à tarde, após um encontro dos candidatos socialistas às câmaras da área de Lisboa. Dos 11 concelhos que fazem parte da FAUL, o PS tem a presidência de seis: Amadora, Azambuja, Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira.

    Noutros cinco municípios (Arruda dos Vinhos, Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra), o PS tenta destronar autarcas do PSD ou o independente Isaltino Morais. É precisamente em Oeiras que a FAUL joga todas as fichas.

    "Quisémos dar um sinal claro", disse Raposo, na escolha de Oeiras para apresentação de uma "carta de compromisso" dos cabeças-de-lista do PS. Para o líder da FAUL, "não é realista esperar a vitória" em câmaras como Cascais ou Sintra. "Existem mais-valias nos outros municípios; da mesma forma que nós temos mais-valias noutras câmaras, que não serão fáceis de conquistar por quem se candidata'".

    A previsão "realista" de Raposo é um balde de água fria para Leonor Coutinho ou Ana Gomes, as militantes socialistas que pretendem conquistar Cascais e Sintra, respectivamente. Presentes no almoço, não ouviram as declarações do líder da FAUL, feitas na esplanada, de onde se desfruta a magnífica vista da marina de Oeiras.

    http://aeiou.expresso.pt/ps-aposta-em-ganhar-oeiras-e-deixa-cair-sintra-e-cascais=f538380

    ResponderEliminar
  7. Ai... o que é que a dra Ana Gomes deve ter chamado ao Raposo? Idiota? Imbecil? Gostava de saber...

    ResponderEliminar
  8. Realmente todos têm direito à sua opinião mas esta senhora não parece ter inteligência para expressar a sua, por isso se não sabe falar ou se não tem um mínimo de respeito pelas instituições ou pessoas devia remeter-se ao silêncio, como aliás fez e muito bem o Sr. Sócrates
    Em relação ao Sr. Presidente não sei porquê tanta azáfama, apenas fez o que devia ter feito, na altura certa, no momento exacto...
    Não é uma questão de gostar ou não do PS, é sim comprovar a falta de capacidade para construir uma opinião que tenha conteúdo...
    Cumps.

    A. Jorge

    ResponderEliminar
  9. Por isso é que o meu voto deverá ser pouco apenas uma cruz. Maior do que a que cabe no quadradinho certamente. Isto se for votar. De má educação já chega o lider do apêndice e de zés patos bravos já chegam os que estiveram este tempo todo na actual "câmara do património mundial e subúrbios" durante mais de 20 anos, e que pelo andar da carruagem vão continuar a estar.

    ResponderEliminar