24/12/2014

Orquestra Mestre Domingos Saraiva em Mangualde [video]

A Orquestra Mestre Domingos Saraiva do Agrupamento de Escolas do Algueirão atuou em Mangualde demonstrando mais uma vez o magnifico desempenho e a sua qualidade.

Foi um momento cultural de excelência, com a presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Dr. João Azevedo, do diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, Dr. António Agnelo, entre outras entidades.

Mais uma vez este Agrupamento de Escolas deixa a marca de excelência do exemplo escola pública, dignificando também o concelho de Sintra e a Freguesia de Algueirão Mem-Martins.


»»» video parte

              »»» video parte

23/12/2014

Escola Ferreira de Castro - O Natal não tem fronteiras

Na EB2,3 Ferreira de Castro, em Mem Martins, há desejos de Natal escritos em várias línguas e testemunhos de alunos de diferentes nacionalidades que contam como se vive esta quadra nos seus países. Há sol e doces com leite de coco em África, em Espanha abrem-se as prendas a 6 de janeiro, na Ucrânia todos os compartimentos da casa têm uma decoração natalícia.

Feliz Natal 2014!!! [video]

Actuação de Carlos Guerreiro (Vozes Ao Acaso) na Festa de Natal do Infantario 'Encanto da Criança' em Mem Martins
[É Natal, letra e musica de José Carlos Godinho]
Dezembro 2014

21/12/2014

Mem Martins - Novo supermercado Mix Markt


Novo supermercado em Mem Martins, na rua da estação.

A cadeia Mix Markt, de origem alemã, comercializa uma vasta gama de produtos alimentares provenientes de vários países europeus (Alemanha, Polónia, Lituânia, Rússia, Países Bálticos, Turquia). 
Visitar este novo supermercado é também uma lição da cultura gastronomica.
 
Rua da estação, Mem Martins



20/12/2014

'Chocaram dois comboios perto do Algueirão' [1965]

Noticiava assim o Jornal Diário de Lisboa à 49 anos
[20 de Dezembro 1965]

"Chocaram dois comboios perto do Algueirão, há mortos e feridos (...) O desastre foi presenciado do quartel dos Bombeiros Voluntários de Mem Martins, de onde foi dado o alarme pelo comandante Magalhães Ferreira (Ferraz) (...)."
Pouco passava das 18h00 quando o comboio de passageiros nº 4909 proveniente de Lisboa-Rossio embate violentamente, depois de sair da estação de Algueirão - Mem Martins (na zona do sitio da Portela), numa locomotiva de uma composição de mercadorias que manobrava na mesma via e que tinha saído minutos antes da estação de Sintra.
Segundo relatam os jornais da época resultaram deste acidente 20 vítimas mortais, onde se inclui o maquinista do comboio de passageiros, e um número indeterminado de feridos assistidos maioritariamente no Hospital da Misericórdia de Sintra e no Hospital de São José.
As operações de socorro envolveram meios de vários Corpos de Bombeiros do concelho de Sintra e de concelhos limítrofes; inclusive da cidade de Lisboa (sapadores e voluntários).
Entre outras entidades é de realçar o apoio às operações da GNR de Sintra, da Policia de Viação e Trânsito, da PSP com "Carros Rádio-Patrulhas" e com o envio de Lisboa de diversas Ambulâncias, do então recentemente criado serviço de socorros da PSP - 115, e do exercito com a cedência de projetores de iluminação de grande potência vindos do quartel de Queluz, na altura RAAF.
Os trabalhos prolongaram-se por toda a noite e só pelas 08h45 do dia 21, depois da intervenção da brigada técnica da CP é que foi possível desimpedir a via-férrea dos destroços, possibilitando a circulação de comboios.
Texto: Mário Cinco-Reis
Outras informações já reclhidas e partilhadas neste blog sobre este assunto http://algueirao-memmartins.blogspot.pt/2012/12/acidente-na-linha-de-sintra-1965.html (link)

Fontes / Referencias Bibliográficas: Livro Lx 60, Jornal de Lisboa - Arquivo Fundação Mário Soares, fogohistoria.pt, algueirao-memmartins.blogspot.com
Fotografias: Fogo&História, Arquivo RSB, Arquivo BVAC, Diário de Lisboa

17/12/2014

Sessões fotográficas com recém nascidos

Reportagem 'Correio da Manhã TV' com Nuno Graciano e Maya 
Reportagem com uma sessão fotográfica com recém-nascidos. 
Um serviço personalizado para registar os primeiros dias de vida de um bebé. 
Um projecto nascido em Mem Martins

15/12/2014

CP Mercês em 1930

Quando as estações da CP eram floridas.
A da Mercês ganhou o 1.º Prémio em 1930.

OpiniãoAMM: As Festas de Mem Martins

Texto Hugo Nicolau
(Responsável/criador deste blog 'Algueirão Mem Martins')




As pessoas de Mem Martins, baseadas na dedicação e orgulho da construção da Capela de Nossa Senhora da Natividade, organizaram pela primeira vez as festas em honra da padroeira de Mem Martins, em 1933. Assim, desde esse ano, o primeiro fim-de-semana de setembro tornou-se numa referência para a população local, para os forasteiros de aldeias vizinhas e para os habituais veraneantes que escolhiam Mem Martins como seu local de férias, pois estes ares eram reconhecidos como benéficos para a saúde.

Estas festas tornaram-se numa vaidade para as gentes desta terra, com os seus animados bailes, a habitual iluminação festiva e a procissão bem ornamentada com os andores, os cargos e as fogaças. No último dia, realizavam-se as tradicionais cavalhadas à antiga portuguesa.

Durante a sua história, foram ocorrendo diversas atividades dignas de destaque, como por exemplo em 1939, uma gloriosa Parada Agrícola e Pecuária, com a participação de um grande número de lavradores locais, com carros alegóricos e os seus animais, e com atribuição de prémios aos melhores. Em 1983, na comemoração dos 50 anos, decorreu uma mostra de atividades industriais de Mem Martins e uma noite dedicada a uma das mais antigas tradições da terra, o fabrico de queijadas. Era possível assistir à elaboração da casca, do recheio e posterior ida ao forno, num cenário representativo de uma fábrica do final do Século XIX. No final, ainda quentinhas, eram distribuídas pela população presente na festa.

Misturando o culto religioso com uma festividade pagã, o povo entregava-se ao evento, onde as jovens raparigas locais dedicavam o seu tempo na preparação da habitual quermesse, angariando os prémios porta-a-porta e elaborando as rifas que seriam colocadas nos cestinhos para venda…

Nos dias de hoje, é imperioso imortalizar as tradições, trazendo as pessoas às suas origens, e explicando a todos um pouco da sua história. Por todo o país, adaptam-se festividades e nascem novos eventos de sucesso: “Feira da Cereja”, “Festa do Chocolate”, “Festival da Vindima”, etc…

Aqui deixo a minha sugestão: criação de uma feira temática local, por exemplo “Festa da Queijada”, acompanhado com algum teatro de rua, representativo da vida rural nesta antiga aldeia saloia. Seria interessante criar um símbolo positivo para Mem Martins… 

14/12/2014

GROGNation - A Casa dos 20 feat. NBC (Prod.Intakto) [video]

[Intro - Papillon]
Deixa-me beber apenas mais pouco
Dessa fonte da juventude
Tu podes encher o copo de novo desta vez
Eu vou beber tudo...


[Verso 1 - Neck]
Ainda ontem brincava com tazos via os motorratos
As corridas de carros eram no tapete do meu quarto
E por toda a parte era fly com o charizard
Mais um combate mais um crachá vou apanhar-te
Derrotar-te com o pikachu
 tardes com o son goku
Vegeta, son gohan a enfrentar o bubu

Vicio como a ps1 não havia na!
Tekken 3 com o Eddy gordo nem o Jin me vencia

E hoje em dia vejo a vida que não via em criança
Ambições estão mudadas e o sonho é a esperança de
Viver o sonho de viver do rap
 de ser o André
Mas também ser o Neck
 e se isto tudo não der
Eu fiz de tudo para dar
 e se isto tudo der frutos
é missão cumprida! é missão cumprida!


[Refrão - NBC]
Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prêmios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim


[Verso 2 - Prizko]

Anafado era o fado do filho da Ana creio
Anabela é um facto que o puto nem era feio

Animado , amado mas pouco mimado no seio
A mil veio a nado e armado de peito
prestar com prestigio regras de boa educação e respeito
pessoas mais velhas e as que não são por defeito
Sem intervalo ou vestígio de quebras no conceito
A torna-lo deveras do inicio ao fim com aceito
Por parte de um par , que o para no patamar a tarde
E o compara com a cara do neto a empata-lo
Pena não ser o momento certo a montar um dialogo
Poe a perna em movimento dizem-lhe "Ate logo Tiago"
Perde a paciência parce que parece que tinha algo
Como uma tarefa ao seu encargo com o Gonçalo em combate
O mal pô-lo de parte na Guerra da Bósnia
Milagre em prol do bem nem sei se parece noia
Ou ideia mirabolante querer participar numa historia
De fundo como as do Tom Sawyer
Por já ver no mundo comedia e escoria
Comedia e escoria..

[Verso 3 - Harold]
21 anos de idade ainda ontem fiz 16
Vejo o meu primeiro beijo e brincadeiras com pinceis

Hoje manos tao em quarteis por papéis que compram amor
Vos sabeis q na vida onde há guitta terás valor
Mas.. idade pesa o bolso nem tanto
Paka dos cotas é bem vinda e sentida mas por enquanto
Vida não esta perdida pra mim que sonho tanto
Entre tudo e entretanto viver feliz custa quanto
Sente o amor te cega armadilha casa dos vinte
Amor que arde e infinito começa acaba num sprint

Deslizes da tua idade crises de identidade
Aprendi que amor é don, amar é necessidade
Seguir sonho ou faculdade pressão do dia a dia
Da família que queria ver filho licenciado
Seguir sonho ou realidade questão que te atrofia
Porque hoje em dia canudo do lado não te garante um cargo

Sigo o faro O meu instinto O trilho das certezas
Vivo para o que sinto Sem filho ou despesas
Sá lixe o mundo não mudo Gritar e ficar mudo
Sonhar é meu sustento nunca precisei Do escudo
Mas mãe eu juro que estudo Sem precisar de ajuda
Caio e levanto maduro Mesmo que tudo me desiluda

(O tempo vai vai vai, já não volta mais
O tempo vai vai vai , já não volta atras)


[Refrão - NBC]

Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prêmios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim

[Verso 4 - Papillon]

Em plena posse das minhas capacidades
é tudo tão á flor da pele porque estou na flor da idade

Posso viajar na maionese, ou no leite condensado
Mesmo perdendo-me eu aprendo, sou sempre recompensado
Inspirações elevado ao quadrado e aspirações ao cubo
Autodidata, nunca tenho falta, nas aulas do youtube
Manas dizem "bro tás bue alto, andas a comer adubo?"
Nah "as pedra no meu caminho são os degraus onde eu subo"

Na escadaria da vida, em direção sótão
Meus índices de energia raramente esgotam
Sinto-me invencível tipo o Batman em Gotham
E ficar até tarde na casa Arnaldo mano é ótimo
Meus manos tipo lobos famintos atrás das primas
Só quero uma Queen Latifa no corpo de uma pin up

Mas enquanto não encontro a minha pura muxima


[Verso 5 - NBC]
As saudades da mocidade quem não tem
Regressar a aquela idade que já não vem
E mudar algum detalhe que ficou menos bem
Mas que agora já é tarde para apanhar esse trem
Os cabelos cor de cinza dizem que já não convém
Ter a mesma rebeldia de outros tempos
 e quem
Deve dar o exemplo são os cotas dizem
Quem deve dar o exemplo são os cotas dizem
Mas a minha mente jovem não obedece a ninguém
Continuo a ser igual como quem 20 tem

Estou na escola da vida bolso não tem vintém
Apaguei a televisão para a liberdade ser 100
Ainda não sei o que quero
Mas para falar sobre zero
Isso sei que não quero , é melhor que me evitem!

[Refrão - NBC]
Se o relógio, não para e o tempo não volta mais
Os meu erros, são prémios que ninguém vai poder
Levar ao pódio por mim



13/12/2014

Reportagem 'Toca a Todos' em Mem Martins


Reportagem 'Toca a Todos' com Rui Pêgo, na estreia da peça de teatro 'Aprendiz de Bobo', na sede do Mem Martins Sport Clube

O “Toca a Todos” é um evento de solidariedade. De 3 a 6 de Dezembro de 2014, a Rádio e Televisão de Portugal acompanha uma emissão de 73 horas, uma missão que convoca Portugal a ajudar na luta contra a Pobreza Infantil.

07/12/2014

Coreto de Mem Martins

No Largo da Capela (largo rossio da fonte), já existiu um coreto junto à Capela de Nossa Senhora da Natividade...
Segundo informação que recolhi, o coreto acabou por ser destruído por não servir para nada... era pequeno para receber uma 'banda' e a estrutura da base não suportava o peso de muitas pessoas... sempre que era utilizado, era perigoso...
No entanto, penso que com o passar dos anos, e com a intervenção que já ocorreu naquele espaço, poderiam ter reconstruído aquele velho coreto, com as devidas condições... 

05/12/2014

Poneilândia no Algueirão

Reportagem no 'Correio da Manhã TV', sobre a Poneilândia, situada na Quinta do Paraíso, Estrada da Baratã, Algueirão.


http://www.poneilandia.pt/
Estrada da Baratã (N250-1)



04/12/2014

[SOL] Motorista de José Sócrates residiu no Algueirão

http://sol.pt/noticia/119569
Excerto de noticia do 'Jornal Sol'
João Perna foi criado no bairro social da Boavista, de onde saiu depois para a zona de Algueirão, em Mem-Martins. Aqui viveu com a mulher e os dois filhos, um de uma relação já anterior. 
Teve um pequeno negócio com o nome João Perna - Comércio de Marroquinaria Unipessoal, Lda que se dedicava ao retalho de peças e acessórios para veículos.
Praceta Raul Proença, Algueirão

A empresa tinha sede no apartamento onde residia no 3.º andar esquerdo de um prédio na Praceta Raul Proença, em Algueirão. Mas também já aqui não mora, tendo mudado, tudo indica, para a Margem Sul do Tejo.

Passou os últimos anos, desde 2011, a transportar José Sócrates, ultimamente num Mercedes prateado.