29/06/2012

Mem Martins - "Correios Velhos"

Eu acho sempre engraçado, quando ainda hoje oiço falar nos "Correios Velhos"... e eu próprio, por vezes, ainda uso esta designação...

Ficavam situados na Estrada de Mem Martins, perto da GNR, entre a Capela e o Centro de Saúde, e funcionaram naquele espaço desde 1969 até 1986, até à abertura da actual estação dos CTT, na Rua da Azenha.

Antigo posto dos Correios, na Estrada de Mem Martins


Desde pequeno, sempre ouvi aquele espaço ser identificado como os "Correios Velhos", e até nos famosos autocarros da Rodoviária com origem na Escola Visconde Juromenha e com destino a São Carlos, era assim que era designada entre todos, aquela paragem: "hoje vais sair nas "finanças" ou nos "correios velhos"?"

Para as pessoas mais novas, ou mais recentes na vila, provavelmente nunca ouviram falar, ou nem sabem onde seria este posto dos Correios, mas basta procurar a loja Chinesa, em frente ao "Café Andorinha".

Actual Loja

26/06/2012

Comércio no Centro de Mem Martins

Noutros tempos (1941), a abertura de lojas no centro de Mem Martins eram noticias de jornal, e motivo de orgulho para a população. 

Na esquina da "Estrada de Mem Martins" com a "Avenida Chaby Pinheiro", foi inaugurado em 1941 o "Café Baribomba", e foi sem duvida um espaço importante para o desenvolvimento da localidade. Foi ponto de encontro da população, e dos tradicionais veraneantes que vinham passar as suas férias de Verão, em Algueirão Mem Martins, aproveitando o conforto da aldeia e o ar da serra. 



Mais tarde, no mesmo espaço abriu um dos melhores restaurantes de Mem Martins, o "Restaurante Chaby", que era sem duvida um restaurante de qualidade, e encerrou no final do ano passado.

Noticia do "Jornal de Sintra" em 1941

"No passado domingo inaugurou-se nesta localidade um novo estabelecimento, propriedade do Sr.João Cunha.

É o "Café Baribomba" instalado em belo edifício fronteiro ao Cine-Mem Martins. 

O primeiro dia de existência do novo estabelecimento decorreu num ambiente de franca alegria; mesas cheias, cálices que se enchem de "Porto" e se despejam quase sem dar por isso, tão animada está a conversa! Aqui joga se "dominó"; ali, são as pedras do "gamão" que são manejadas com destresa. No conhecido "négus" disputa-se rija partida, ao som duma "rumba" transmita pela Emissora Nacional.

Não chegamos a saber quais os que ganham ou os que perdem, segundo parece, tanto uns como outros sabem tão bem ganhar como perder. É tudo boa gente; são todos amigos!... (...)

Notámos com curiosidades e satisfação que entre a numerosa clientela encontrava-se alguns veraneantes de 1940 que nos fizeram recordar os belos dias que passaram em Algueirão Mem Martins no ultimo verão. E para nós bastante lisonjeiro e agradável a sua presença na nossa terra no dia em que ela dá mais um passo em frente no caminho que a conduzirá ao progresso a que tem absoluto direito e para a qual continuará trabalhando. (...)

No novo estabelecimento, além da secção de pastelaria e jogos, encontra-se belíssimo café vendido à chávena, feito em moderníssima máquina, e a peso; vinhos generosos e de mesa, licores, águas minerais e de mesa, etc.

Outro melhoramento é a bomba abastecedora de gasolina que aqui se encontra, e bastante falta fazia. Ao Sr. João Cunha apresentamos os nossos parabéns e os nossos desejos de prosperidade""

Hoje em dia, as noticias são outras, e basta desfolhar o jornal regional "Correio de Sintra"  na pagina nº2 (edição nº45 - de 21Jun a 5Jul de 2012)...


No mesmo espaço do antigo "Chaby" ou da antiga "Baribomba", abriu esta semana, mais uma loja chinesa... sim, mais uma... mais roupa baratuxa, mais produtos de plástico e no ar sempre aquele cheiro característico, acompanhado pelo sotaque tipico e pelo "obligado"... 

São mesmo "Sinais dos Tempos"... Para onde caminhamos???

foto no dia 26Jun2012

foto no dia 26Jun201

25/06/2012

Antigos Jornais de Algueirão Mem Martins

O "Boletim 921" surgiu em 1986 e foi publicado até Outubro de 1989.


Era um jornal da freguesia, e este nome devia-se aos 3 primeiros de todos os números de telefone da vila.

Mais tarde, com o aumento da população, e como a generalização dos telefones por toda a população, para além do "921", os telefones da Vila também passaram a ter como iniciais o "922" e o "926".

Após a extinção do "Boletim 921", surgiu em Março de 1990, o mensário "Vila Saloia"

 

Já em Novembro de 1983 tinha surgido "A Gazeta de Mem Martins"


O tempo passou, a população cresceu... e hoje, a vila não tem nenhum jornal exclusivo...

24/06/2012

Largo Ti Saloio - A Luz Eléctrica - Mem Martins

O actual Largo Artur Soares Ribeiro era o centro de "Mem Martins Saloio". Era ponto de encontro, sitio de festas e cegadas.

Hoje em dia é um espaço quase ignorado, mas é um dos locais com mais história da vila. Era designado o "Largo do Ti Saloio", onde ainda hoje existe a Vivenda Soares Ribeiro.

Artur Soares Ribeiro (1895-1985) foi impulsionador da construção da Escola Primária Guerra Junqueiro (tristemente já demolida), o principal elemento da Comissão de Melhoramentos de Mem Martins (1930), sócio fundador do Mem Martins Sport Clube, e mandou construir, por sua própria conta, o chafariz no Largo do Ti Saloio e um bebedouro para animais na Rua do Coudel.

Aqui deixo, um excerto de uma história ocorrida no Largo do Ti Saloio em 1928, retirada do livro "Mem Martins: Retratos" de Zé de Fanares (Sr. Luís Miguel, outro símbolo da vila), que descreve um momento importante na vila.

A Luz Eléctrica

"A Primeira vez que houve um arraial popular em Mem Martins foi pelo São João, no ano de 1928. Organizou-o o Artur Soares Ribeiro - o "Artur Saloio" - e a receita reverteu a favor da construção da escola "Guerra Junqueiro"

O local escolhido foi o largo do Ti Saloio (pai do organizador) e o programa era, deveras, aliciante. Um "sol e dó" de São Pedro mais o "Faneca" asseguravam a parte musical; havia quermesse, tômbola e uma barraca de comes e bebes; e, como entretenimentos; tracção à corda, gincana de bicicletas, corrida de sacos, pau de sebo... o costume!

Mas o grande atractivo do certame era a iluminação. Anunciava o prospecto em letras garrafais: "O recinto das festas encontra-se feericamente iluminado e ornamentado com lâmpadas eléctricas de cores variadas".

- Como!? Como é que pode ser isso se não há electricidade? - era a pergunta que corria de boca em boca.


Claro que os organizadores tinham, como se usa dizer, o trunfo na manga e, na véspera da festa, quando o Manuel Carreiro chegou de Lisboa, onde tinha ido levar um carrego de queijadas, por conta da Gertudes d'Ouressa, desvendou-se o mistério. Em cima da galera vinha um motor. Grande, enorme, com uma ventoinha que fazia lembrar a hélice duma traineira, com tubos e mais tubos, fios, botões, manípulos, manómetros, termómetros, etc... Era um gerador que um engenheiro do Arsenal da Marinha, emprestara ao "Artur Saloio".

Durante o resto do dia foi um corrupio de gente para ver, de perto o "aparelho". Os mais entendidos apreciavam-lhe os cilindros, calculavam-lhe os cavalos e alguns, mais curiosos, tentavam até adivinhar como é que aquilo fabricava electricidade. Os outros, os que não percebiam patavina do assunto, olhavam para aquela "mánica" como um boi para um palácio.

Ao lusco-fusco experimentou-se a instalação do arraial. Foi um momento histórico: naquela amena noite de Junho viu-se pela primeira vez a luz eléctrica em Mem Martins!



No dia da festa era gente e mais gente. Todos de nariz no ar a olharem para as lâmpadas das mais variadas cores, penduradas nos fios e a imaginarem o efeito que fariam depois de acesas. 

Quando, à noite, se conseguiu (á terceira tentativa) pôr aquela bizarma a trabalhar e se ligaram as luzes ouviu-se um uníssono "ah!" de espanto e vários vivas ao "Artur Saloio"

O deslumbramento, no entanto, durou pouco tempo. O motor conforme foi aquecendo foi aumentando de trepidação e, às tantas, nada nem ninguém o conseguiu segurar...

(...)

Com grande mágoa do Soares Ribeiro a festa continuou até ás tantas da madrugada, mas... à luz do petróleo...."

(...)


21/06/2012

I Torneio Minibasquete - GDEMAM


O Minibasket do Grupo Desportivo Escola Maria Alberta Menéres vai terminar a sua época com um grande convívio organizado em parceria com a Decathlon Sintra.

O 1º Torneio Minibasket GDEMAM / Decathlon Sintra realiza-se dia 23 de Junho, das 15 às 19 horas, nos campos de basquetebol da Decathlon Sintra.  

Serão mais de 100 jovens dos 6 aos 12 anos a jogar basquetebol, num ambiente de festa e grande desportivismo.



Não percam esta grande festa !!!

16/06/2012

Santos Popular

Estes momentos desapareceram com o tempo, mas eu lembro-me bem, que à cerca de 20 anos, em Algueirão Mem Martins, existia a tradição de "saltar à fogueira"

Nas pracetas, nas ruas e nos bairros, os jovens durante a semana arranjavam madeira, construíam uma pequena barraca (muitas vezes com madeira roubada das obras), e nas vésperas dos Santos Populares, as pessoas juntavam-se na rua, a confraternizar em redor do fogo da fogueira...

Existia sempre o comportamento perigoso e arriscado de saltar a fogueira... uma corrida e um salto por cima do fogo, e tínhamos herói... (acredito que este comportamento tenha um significado histórico ou mitológico... não sei...)

Outra tradição, era procurar no mato alcachofras para serem queimadas nestas fogueiras.  Nesse tempo, eu não sabia o significado desta tradição, mas aqui está o significado:

"Nessas fogueiras, os rapazes e raparigas solteiros, queimavam a crista de uma alcachofra pensando na pessoa amada, depois mergulhavam em água fria, a crista queimada e enterravam-na na terra num lugar escolhido por cada um. No dia seguinte todos iam ver as alcachofras que haviam queimado na noite anterior. Se a crista da alcachofra estivesse florida, então o seu amor seria correspondido, se não estivesse novamente reflorescido, então a pessoa que tinha pensado aquando queimavam a dita alcachofra  não o correspondia em amor."

Nestas noites, era giro circular por Algueirão Mem Martins com os olhos bem aberto para dizer "...olha, está ali uma fogueira..." e sentir o clima de festas pelas ruas... lembro da animação em Santa Teresinha, no Bairro das Eiras, Zona da Torre da Águia, na Capela e noutros sitios... outros tempos...

Também te lembras???

13/06/2012

Arraial dos Santos Populares - Escoteiros de Algueirão Mem Martins


O Grupo 82 da Associação de Escoteiros de Portugal (AEP) vai realizar um arraial dedicado aos Santos Populares que se celebram nesta altura.

O arraial dos Santos Populares será no próximo dia 16 de Junho (Sábado) às 19h00 na sede do Grupo 82.

Será um evento com muitos comes e bebes - febras, sardinhas, sumos, bolos -, com música de baile, manjericos e muita muita diversão.

A sede dos escoteiros de Algueirão - Mem Martins situa-se na Rua Dr. Sousa Martins, nº 11, Mem Martins - Fica no bairro de São Carlos junto à escola de condução D. Afonso V e à farmácia Fidalgo.

 
Todos os moradores de Algueirão-Mem  Martins (e respectivos amigos) estão convidados a aparecer, a se divertir e a sentir o espirito escotista. :)

O evento do facebook encontra-se aqui: http://www.facebook.com/events/304839586276217/



Como membro pertencente da AEP, o Grupo 82 tem como missão educar os jovens de Algueirão-Mem Martins para desempenharem um papel activo na sociedade. 

O Grupo 82 (tal como quase 100% do escotismo mundial) é formado por voluntários que seguem um ideial, o ideial de Baden Powell (fundador do escotismo) que um dia disse "Deixa o Mundo um pouco melhor do que o encontraste".

O ano de 2012 é o ano de celebração dos 30 anos do Grupo 82. Como tal queremos celebrá-lo da melhor forma junto dos amigos, da familia e da comunidade que o ajudou a crescer, tornando-o um dos grupos com maiores efectivos em Portugal (85 elementos).

Mais informaçoes e muitas imagens dos nossos acampamentos  e actividades (Madeira, Açores, Pirineus, Escócia, Gerês....) na nossa página do facebook:
http://www.facebook.com/escoteiros82

10/06/2012

Comboios Linha de Sintra - Anos 70

Achei este vídeo muito interessante, onde se consegue ter uma ideia da Linha de Sintra nos anos 70, com os comboios a circularem com as portas abertas, e as multidões nas estações.

É possível ver a antiga estação do Cacém e a chegada do comboio ao terminal do Rossio.

É curiosa a forma com é abordada a criação das cidades dormitório, em redor de Lisboa... são 3 minutos muito interessantes...

Curso - Iniciação à Espeleologia

Aqui deixo uma sugestão para uma formação neste verão... para novas experiências...



Publico - Comando Metropolitano da PSP de Lisboa tem metade das viaturas avariadas

Fonte: Jornal Publico

A Associação Sindical dos Profissionais de Policia (ASPP) alertou hoje que metade das viaturas da PSP do distrito de Lisboa estão inoperacionais por falta de reparação, mas o comando metropolitano negou estes dados.O presidente da distrital de Lisboa da ASPP/PSP, José Mendes, disse que das “cerca de 1400 viaturas do distrito, 700 encontram-se inoperacionais e encostadas” por falta de reparação.
É evidente que se nós temos uma frota de 1400 viaturas para dar resposta aos problemas da criminalidade nesta área, se reduzimos esse número para metade isso vai restringir o combate à criminalidade. Isto põe em causa a operacionalidade das polícias”, afirmou o dirigente.

Em resposta à agência Lusa, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP negou que 50 por cento dos veículos esteja inoperacional, adiantando apenas que “algumas viaturas aguardam o desfecho de um procedimento administrativo para se proceder à reparação”.

Segundo o sindicalista, as divisões com maiores dificuldades são Loures, Amadora, Cascais, Oeiras e Sintra, onde existem “esquadras sem qualquer viatura operacional”, e onde é “difícil dar resposta aos problemas que vão surgindo” no dia-a-dia.
Confrontado com a acusação, o Cometlis respondeu que “todas as esquadras possuem viaturas adstritas que garantem o patrulhamento das áreas territorialmente competentes”.
No entanto, segundo relatou à Lusa o presidente da distrital da ASPP, “na quinta-feira de manhã houve um ‘carjacking’ e um roubo por esticão em Carnaxide, onde a esquadra já não tem uma única viatura há três dias. Os elementos policiais tiveram que se deslocar a pé e, obviamente, atrasaram-se”.Devido a estas dificuldades, algumas esquadras de fiscalização rodoviária “acabam por actuar só nas áreas à volta das esquadras”, uma vez que “não têm meios para transportar os polícias a outras freguesias”, indicou à Lusa uma fonte policial.


E temos casos de áreas onde moram muitas pessoas, como Algueirão-Mem Martins ou Cacém, onde apenas há uma viatura. Se um desses veículos estiver ocupado num serviço, não pode ir a outro, e isto em nada contribui para a segurança das populações”, disse a mesma fonte.Na Divisão de Vila Franca de Xira é habitual os elementos policiais deslocarem-se apeados a serviços, uma vez que as viaturas se encontram avariadas, acrescentou outra fonte consultada pela Lusa.
Em Março, a ASPP/PSP alertou para a existência de 300 viaturas “encostadas por falta de reparação”. Nessa ocasião, fonte oficial da PSP disse à agência Lusa que o Comando Nacional da polícia iria assinar “em breve” um contrato por ajuste directo com uma empresa para viabilizar a manutenção e reparação de viaturas.
A agência Lusa solicitou esclarecimentos ao Comando Metropolitano de Lisboa, não tendo obtido resposta em tempo útil.

09/06/2012

Onde estudar

Com a chegada ao fim de mais um ano lectivo, chega a altura dos exames... e um altura muito importante de estudo...

... e eu faço uma questão: Onde se pode estudar em Algueirão Mem Martins?


07/06/2012

Cercitop - Empreendedorismo Social

A Cercitop é uma organização que apoia crianças com necessidades educativas especiais no concelho de Sintra. Cotaram-se na bolsa de valores sociais com o objetivo de angariarem dinheiro para comprar uma carrinha que vá junto das famílias e ajude quem não pode pagar estes tratamentos aos filhos. 


Veja a reportagem e apoie esta causa


Organização em Algueirão - Mem Martins

* Centro de Apoio a Dependentes
* Serviço de Intervenção e Apoio a Crianças
* Centro de Promoção de Autonomia e Reabilitação
* Serviço de Intervenção Precoce
Rua Adelino Amaro da Costa 14, Loja - Ouressa
Mem Martins

* Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Algueirão
* Centro de Apoio Domiciliario
Rua dos Recreios Desportivos do Algueirão
Algueirão Velho

* Residência do Casal da Mata
* Centro de Actividades Ocupacionais
Estrada do Telhal
Casal da Mata

06/06/2012

SIC - Saúde de Armanda Monteiro Leite


Hoje (06/06/2012) no programa “Querida Julia” na SIC, Hernâni Carvalho comentou a recentes noticias sobre o estado de saúde de Armanda Monteiro Leite, a jovem residente em Algueirão, que seguia com Angélico Viera, no automóvel que se despistou, e ditou a morte do jovem actor/cantor.

A noticias são bastante animadora…


01/06/2012

ANIMAESCOLA 2012 - 2 e 3 de Junho

Gosto disto... sentir a freguesia viva, activa... 


A Junta de Freguesia irá realizar na Quinta de Santa Teresinha, das 10h00 às 18h00, o AnimaEscola 2012.
Esta primeira mostra das escolas e entidades existentes em Algueirão-Mem Martins, terá diáriamente espetáculos musicais, animação de rua, workshop's de pintura e Hip Hop, demonstrações de boxe, musculação, krav maga e kickboxing, pinturas faciais, terérés, pipocas, algodão doce.... e muita animação.


Iniciativa integrada na comemoração dos 50 anos da Freguesia e no Programa 'A Floresta, a Água e a Juventude'
Por motivo de chuva os espetáculos poderão ser adiados.

Gorila em Lisboa

O Gorila da Lusiteca andou por Lisboa e foi sair à noite, no Bairro Alto...sempre na companhia da Vanessa Martins 

Video no Bairro Alto






Video no Chiado