domingo, 22 de julho de 2018

[RAP noticias] Harold // '32' (Prod. Sam the kid)(Remix Bairro)

O rapper membro do colectivo de Algueirão/Mem Martins GROGNation, Harold acaba de lançar novidades a solo com um tema solto de seu nome "32".
Na verdade este é uma versão do mesmo ao tema "Bairro", um original de Ferry produzido por Sam the Kid disponibilizado recentemente no canal da TVCHELAS.


Foi pela fome de golias Que vias na via grog E pelo nome que trazia subia fasquia e forte E os Props nunca envaideceram Nem os cops intimidaram Quando os niggas não aplaudiam E essas pussys mal ligavam Humilde não se vende , não se compra Não tem preço Ha merdas que nao se apanham So vem contigo do berço Abdiquei tanto na estrada Meu bolso ainda vai teso Já levei tanta facada Meu ego ta firme e ileso Tenho um pai que pouco vejo E nunca o vi como tal O meu desejo é ter um filho E nunca agir de forma igual Tenho sonhos na almofada Medos debaixo da cama Dramas nas minhas paredes Climas quentes viram trauma Ajudei tantos amigos E a merda é sentir no fim Que eu faço por tanto amigo O que nunca vi ser por mim Ha cobras todos os dias Escondidas no meu jardim A volta do meu palacio Mais ladroes que o Aladim Sou verdadeiro só pra mim Aqui nunca se aparenta poucos a viver assim Mas ser real nao se tenta Nem 70 nem 80 meus valores nao tao a venda há quem tende a por a venda a alma por encomenda Broda aprenda com quem sabe E quem tem os pés no chão ha quem viva numa nave perca-se na costelaçao No meu bolso do que cabe Nao esta ofusca esta visao Do meu esforco nem metade É pago pelo cifrão Mae, teu filho é grande a vida ta mais bela Descobri cores na vida Que não cabem na minha tela Vivi nela , apaixonei me Vivo como um sentinela acordado faço amor E nela nunca me senti vela Da valor a quem tu amas E te ama sem porquês Porque a vida vai não volta Sempre é uma ultima vez Avô eu morro de saudades Não te sinto mas tu vês Ensinaste a humildade Que eles vendem no fim do mês Mas eu Podia passar o dia todo a explicar-te sem tu perceber metade Mas tens tanta merda que te ofusca que nunca consegues sentir a verdade Perdi a esperança nessa gente na verdade não vivemos em sociedade Porque há muito ego que te afecta e tira tudo que tens de humildade Remix FERRY - O REI DO BAIRRO Fotografia : Filipe Feio Produzido por Sam the Kid Captação NastyFactor Mistura e Masterização por NastyFactor

[boletim 921] enfim a nossa Rádio local

Noticia antiga quando começavam a surgir as primeiras rádios piratas

Restaurante 'Kitchen King'

Novo Restaurante 'Kitchen King' na Av. Chaby Pinheiro, com comida Indiana e Italiana

[RTP] Excerto da Rubrica 'Na minha Casa com Ela' com Maria Leal, no programa '5 para a Meia Noite'

No programa da RTP '5 para a Meia Noite' da passada quinta-feira, na rubrica 'Na Minha Casa com Ela', Mónica Vale de Gato foi à casa onde foi filmado o último video de Maria Leal.



Ciclovia no 'Jumbo' de Sintra

A Ciclovia existente à entrada de Mem Martins, no espaço exterior do Jumbo de Sintra, é um espaço agradável para a prática de caminhadas e para as crianças poderem brincar  de forma segura com bicicletas ou patins... no entanto este espaço está sempre vazio... sem utilização.


Afinal qual será o motivo da pouca adesão a este espaço??








sexta-feira, 20 de julho de 2018

[JFAMM] Corujas 2018: Rali noturno por Mem Martins

Cerca de 60 pessoas marcaram presença no “Corujas 2018 – À Descoberta de Algueirão-Mem Martins”, um rali noturno organizado pelos Motards do Ocidente que, este ano, decidiu mostrar o que a freguesia tem de melhor.

A partida foi dada na Junta de Freguesia de Algueirão-Mem Martins, com um lanche oferecido pela autarquia local que, de resto, apoiou este rali, não só com esta refeição, mas também com questões logísticas, brindes e troféus para os participantes.

Depois, foi tempo de rumar a toda a velocidade pelos recantos da freguesia, passando por pontos históricos e visita a locais que até hoje marcam a história da vila.

Uma das surpresas do rali foi a visita às Queijadas da Maria Augusta, local de origem das famosas queijadas de Sintra, cuja produção tem passado de geração em geração.
Conheceu-se a história, viu-se a produção e houve ainda direito a saborear uma das confeções mais típicas da região. Pedro Alves, presidente dos Motards do Ocidente agradeceu “a forma simpática como nos receberam, por nos terem aberto a porta da vossa fábrica e pela oferta das queijadas aos participantes.”

Depois de provar as famosas queijadas, tempo de conhecer um espaço que, durante muitos anos também serviu a população de Mem Martins, mas de outra forma: o Forno da Cal, um local que, antigamente, servia para cozer pedras que eram usadas na construção civil.

O “Corujas” é um rali noturno que, de ano para ano, tem vindo a afirmar-se como uma iniciativa de confraternização entre motards, mas não só. Mais uma vez, e como vem sendo hábito, juntou-se a diversão à vertente social, com o apoio a uma instituição. Desta vez, os beneficiados foram os Bombeiros Voluntários de Algueirão-Mem Martins.

Entretanto, até a noite acabar houve ainda passagem por vários outros locais. Na Bacia de Retenção contou-se a lenda daquela zona; em Sacotes, no lavadouro, as equipas foram desafiadas a lavar uma peça de roupa, como antigamente e na Ermida de S. Romão conheceu-se um dos principais conjuntos histórico-monumentais da freguesia.

Em comunicado, Pedro Alves, presidente dos Motards do Ocidente fez um balanço positivo do rali e agradeceu a todos os que apoiaram esta iniciativa desde o início. Agradecemos à Junta de Freguesia de Algueirão-Mem Martins, “pelo lanche da receção, pelas impressões, pela oferta de brindes para os participantes e dos troféus dos primeiros lugares. Obrigado também por todo o apoio dado para a realização deste evento.”