31/03/2010

Empresário barricado no Algueirão


Um empresário barricou-se ontem nas instalações da CDL, em Mem Martins, com o objectivo de impedir a penhora de bens pelo Fisco. Segundo apurou o Correio da Manhã os inspectores de Finanças da repartição Sintra-2 deslocaram-se de manhã às instalações da empresa CDL - Portas e Automatismos de Portugal Lda., para cobrar uma dívida superior a três milhões de euros, tendo-se deparado com uma forte resistência do gerente, que impediu o acesso às instalações. Foi chamada a GNR para auxiliar os inspectores de Finanças.

Depois de alguns momentos de tensão, o empresário autorizou finalmente a entrada dos inspectores, que fizeram um inventário dos materiais existentes e que deverão ser levados a hasta pública.

O CM apurou que os bens penhorados pelo Fisco são insuficientes para fazer face à dívida acumulada ao longo dos últimos quatro anos. O serviço de Finanças não coloca de lado, depois de se esgotarem todos os trâmites legais, a possibilidade de lançar mão da figura da 'reversão', que obriga os sócios a responderem com os seus bens próprios pelas dívidas fiscais assumidas pela empresa.

Noticia Correio da Manhã

1 comentário:

  1. Embora muitas situações, estranhas à vontade dos contribuintes, possam contribuir para isso a verdade é que na maior parte das ocasiões casos destes não são mais que um xico-espertismo bem revelador da qualidade do nosso empresariado...

    ResponderEliminar