11/03/2012

[TVI24] SOS Cidade em Alerta - Assalto no comboio na estação das Mercês [video]

Os assaltos nos comboios da Linha de Sintra é um assunto recorrente, e com muitas histórias por contar. 
Quem não  conhece alguém que já tenha sido assaltado??


No programa "SOS Cidade em Alerta", na TVI24, foram apresentadas imagens de um roubo por esticão dentro do comboio da Linha de Sintra, na estação das Mercês, e o modo como a PSP intervém e se comporta nestas situações.

4 comentários:

  1. Parabens pelo post e a deixada de alerta, há uns 7 anos foi vitima de roubo do género com um telemovel, recebi uma chamada e mal a atendi senti um esticão e os individos (de raça negra) a sair pela porta fora em dar tempo de reacção...Apresentei queixa mas como na altura não havia videovigilância pouco me valeu, o meu unico consolo foi o do bloquear o Imei através da operadora... Só uma nota nenhum dos passageiros teve qualquer reacção, parecia uma coisa normal, nenhum perguntou se necessitava de alguma coisa se estava bem ou que fosse, é lamentável e confrastegedor verificar ao que esta sociedade chegou...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge Gaspar, constrangedor ao invés de "confrastegedor".

      Eliminar
  2. Depois ainda andam por aí alguns paladinos contra a video-vigilância clamando logo pelas liberdades e achando que é uma invasão de privacidade. Costuma-se dizer que quem não deve não teme mas esses são os mesmos que também não querem leis contra o enriquecimento ilícito. Também continuo a não compreender porque é que uma vítima nunca é protegida e se assiste constantemente a bandidos que vão a tribunal e lhes permitem ir de capuz na cabeça ocultando a identidade e muitas vezes até fazendo acenos de manguitos para as câmaras. Criou-se uma paranoia mas baseada num conceito errado sobre liberdade porque o que se criou foi libertinagem e direitos excessivos para bandidos em detrimento das vítimas. Ainda me lembro quando um ourives foi assassinado, o presidente Jorge Sampaio nunca se dirigiu á família mas soube logo ir pedir batatinhas á Cova da Moura! Existe um conceito errado de esquerda de libertinagem e de forças de bloqueio ao progresso que minou a sociedade e continua com a sua verborreia perante populações cada vez mais desinformadas ou mesmo ignorantes face a um desenvolvimento de países do norte da Europa que souberam arrumar a casa em trinta anos. Nós agora é tudo em cima do joelho, á bruta e a cortar e mesmo assim o país está tão de rastos que nem se pode aplicar uma velocidade maior, pois o choque seria violento para as mentalidades deformadas que se foram formando.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela divulgação desta informação... é sempre bom ter conhecimento desta informação...

    só assim nos conseguimos proteger...

    ResponderEliminar