06/06/2009

Campanha para as Europeias, em Mem Martins

Paulo Rangel, Manuela Ferreira Leite e Manuel do Cabo
No ultimo dia da campanha eleitoral para eleições europeias, o PSD escolheu Mem Martins para uma arruada, onde esteve presente Manuela Ferreira Leite, Paulo Rangel, Fernado Seara e o presidente da Câmara Municipal de Cascais, António Capucho. Aqui deixo umas questões sobre este festival politico nas ruas de Mem Martins, que terminou com um almoço no Restaurante "A Tendinha"::

- Será que o presidente da Junta de Freguesia, e o presidente da Câmara Municipal de Sintra não tiveram vergonha de apresentar à sua dirigente partidária, uma zona suja, desorganizada, para não dizer triste e abandonada, como é a zona da Estação?

- Será que aquele senhor poeta, não sabe que o partido se chama PSD e não PCD?

- Será que com a presença de tantas figuras politicas, a zona da estação de Mem Martins se manteve, como é habitual, sem a presença da PSP?


video

No entanto, quero salientar o facto, de a maior freguesia de Portugal, em termos de população, e de numero de eleitores, não ter sido esquecida.
É também de registar a excelente imagem , que é ver o Dr. Paulo Rangel a mastigar (0.50m), seguido do "independente laranja" presidente da Junta de Freguesia, no Largo da Estação de Mem Martins.

3 comentários:

  1. Para quem nã souber, a família de Manuela Ferreira Leite era proprietária de uma "quintinha de veraneio" em S. Carlos. Um belo sítio para estarmos quando a Guida (irmã mais nova da família) cá estáva nas férias e fins de semana e férias! Penso que entretanto a quinta foi vendida para mais uma urbanização...

    Luísa

    ResponderEliminar
  2. "Será que com a presença de tantas figuras politicas, a zona da estação de Mem Martins se manteve, como é habitual, sem a presença da PSP?"

    E será que as pessoas não percebem que, como dizem: "A maior freguesia de Portugal" tem muito mais sítios e muitas ocorrências para a polícia acorrer?

    Preferem que a polícia esteja a combater os roubos (muitos com bastante violência) na Tapada das Mercês ou que passem o dia na estação apenas pelo sentimento de insegurança?
    Preferem que, quando chamam a polícia, lhes seja respondido que não podem ir porque estão na estação a controlar meia dúzia de indivíduos?
    Enfim...

    ResponderEliminar
  3. a observação sobre a PSP, foi pura ironia...

    ResponderEliminar