10/08/2009

Morto por falso técnico da EDP, em Mem Martins

Um guineense de 25 anos, operário de construção civil, foi morto com quatro tiros de pistola à porta do prédio onde residia, em Mem Martins, Sintra. O autor do crime, um homem vestido de técnico da EDP, bateu à porta de casa da vítima pelas 09h30.

Perseguido há cerca de um mês, o guineense nem desconfiou, e ao deparar-se com o agressor, os dois iniciaram de imediato uma discussão. O conflito entre o operário de construção e o falso técnico da EDP passou para o átrio de entrada do prédio, onde o guineense foi atingido pelo agressor com quatro tiros de pistola.

O autor do homicídio, e três homens também vestidos de técnicos da EDP, fugiram a pé do local do crime, deixando a viatura usada numa rua próxima.

O operário guineense ficou estendido à entrada do prédio onde residia, vindo ainda a ser assistido por técnicos do INEM. Faleceu minutos depois. A PSP montou, de imediato, um forte dispositivo de segurança, que permitiu o trabalho de recolha de vestígios a uma brigada da secção de homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa.

Noticia completa "Correio da Manhã" (Link)

video

1 comentário: