21/04/2010

O melhor Bairro 80/90 da Vila de Algueirão Mem Martins

O "grande boom" urbanístico da Vila de Algueirão Mem Martins deu-se nas passadas décadas de 80 e 90, com o aparecimento exponencial da construção em altura, e da destruição dos espaços rurais existentes, de casas de veraneio de gente rica que vinha passar férias e fins de semana perto de Sintra, de Quintas, e dos vestígios saloios que foram ignorados, destruindo-se a história da vila. Assim se criou a triste imagem do espaço publico caótico e desordenado que todos conhecemos.

Qual o melhor bairro criados nos anos 80/90?
- Qualidade de Vida?
- Espaço para Estacionar?
- Espaços Verdes?
- Bons Transportes?
- Bons Acessos ao Centro da Vila e aos Serviços Centrais?
- Proximidade de Escola?
- Segurança nas Ruas?
- Qualidade de Construção e Urbanística?
- Existência de Espaços Comerciais suficientes?
- Bairro dormitório ou Bairro com vida?



* Tapada das Mercês












* Cabeço da Fonte





















* Casal da Cavaleira



























São Carlos
































* Casal de São José

























* Mem Martins Poente
































* Casal de Ouressa












6 comentários:

  1. Eu sempre achei que Ouressa tinha potencial, mas foi mal aproveitado, continua a ser. Tem espaço e não se faz dali nada de jeito, é só mais um monte de prédios velhos e estradas com buracos. Até o jardim! Está ao abandono..

    ResponderEliminar
  2. É tudo mau, bala, e mal feito. Se algum sítio for melhor que o outro, é por uma diferença mínima.

    ResponderEliminar
  3. Decididamente, voto em S. Carlos...

    Se bem que tb gosto muito de Ouressa...

    abraço

    ResponderEliminar
  4. ouressa o melhor. e o benfica também

    ResponderEliminar
  5. Faltam aqui uns quantos bairros.... entre eles, o bairro da Quinta de Sta. Teresinha - o melhor de todos!!!! :)

    ResponderEliminar
  6. Mariana, o bairro de Santa Teresinha não se enquadra na votação, porque foi construído nos anos 70

    ResponderEliminar