07/02/2011

Bacia de Retenção - Cabeço da Fonte

Com a crise que existe no mercado imobiliário e na construção, sempre pensei que se abrissem novas linhas de pensamento, e que finalmente existisse algum controle na construção sem regras que assistimos nas ultimas décadas na freguesia e no concelho, e que finalmente se desse primazia à qualidade... Acho que me enganei...

Prova disso é a construção praticamente em cima de linhas de água, e zonas com muito pouca qualidade, que me lançam serias duvidas sobre o seu sucesso comercial.

Nesta zona do Algueirão, entre a Tapada das Mercês e o Cabeço da Fonte, existe uma linha de água e uma Bacia de Retenção que foi criada para controlo de Cheias na Freguesia. 

E a montante, já se construíram à uns anos, uma grande densidade de prédios, não respeitando no meu ponto de vista, estas condicionantes

A foto ao lado foi tirada em cima da Bacia de Retenção, onde é perfeitamente visível a linha d'água, com construções recentes, praticamente em cima do seu leito.

O que me alertou, foi o facto de ter verificado o inicio de novas construções, numa zona que provavelmente é sensivel, ou poderá ser sensivel em caso de cheias.
Foram situações semelhantes que deram origem a uma grande catástrofe na Ilha da Madeira (no entanto existem outras condicionantes climatéricas que penso não se aplicarem neste local), com ocupação indevida dos solos. Existirá algum estudo ou autorização especial para construções nestes locais?


Outro facto que também já me alertou neste local, é a existência de mosquitos e maus cheiros causado pela existência de águas paradas... (algo natural, devido à envolvente)
Mas no entanto, continua-se a autorizar construção nestes locais...Será que estes riscos são tidos em conta?
... e quem estará interessado em comprar uma casa num local com todas estas condicionantes, e com um agressivo e feio muro de suporte mesmo em frente à sua janela???

Algueirão Mem Martins está farto de Urbanizações Feias, descaracterizadas, sem qualidade de vida, sem respeito por quem cá lá vive... mas acho que há muita gente que ainda não percebeu isso...

Isto sou apenas eu a pensar alto...

8 comentários:

  1. Fui ver os prédios azuis há uns valentes meses, não por querer comprá-los (livra!!!) mas apenas e só por curiosidade já que andava à procura de casa.

    Essa visita permite-me conseguir responder à questão:
    "e quem estará interessado em comprar uma casa num local com todas estas condicionantes, e com um agressivo e feio muro de suporte mesmo em frente à sua janela???"

    Pessoas com fraco rendimento já que as casas são de péssima qualidade numa zona fraca.
    Ninguém pensa na segurança mas sim se têm ou não dinheiro para comprar casa.

    ResponderEliminar
  2. É um bom alerta pois com as alterações climáticas e o surgimento de catástrofes naturais, tudo se pode esperar e deve ser acautelado.

    ResponderEliminar
  3. É de facto uma aberração o que por ali se faz. Ainda durante as últimas grandes chuvas que reparei que a nova construção ficou cheia de água até ao limite devido ao leito do rio ter transbordado para lá. O futuro promete uma morada para alguém cheia de humidade nas paredes, àgua a escorrer mesmo como alguns moradores da zona têm. Continuamos a ter este tipo de construção porque ninguém se importa. Quem é que realmente quer saber? Ninguém!! Não sejamos tão crentes ao ponto de pensar que algum governante pensa sequer nisso. Ou então andamos a eleger burros que não aprendem com os erros passados. O que se quer é €€€€€ e mais nada. E por mais que aprecie e receonheça valor aos Blogs e outros meios do mesmo género, mas parece-me que na sociedade que vivemos apenas se consegue que se fiquem a rir da nossa preocupação. Os pobres que vão para lá morar....
    PS: Já agora, alguém sabem se aqueles prédios já têm todos licensa de habitação?

    ResponderEliminar
  4. Maus cheiros e mosquitos? Será que é devido ao cemitério estar um pouco acima e que vem contaminando essa mesma linha de água há muitos anos? Alguém sabe dizer se este ainda aceita novos moradores?

    ResponderEliminar
  5. Vivi 30 anos em Mem Martins e fui muito feliz..... hoje estou longe e embora ainda lá tenha família, vou cada vez menos porque me aborrece o caos em que se tornou, a sua descaraterização e etc, etc, etc....

    ResponderEliminar
  6. As pessoas que aqui vêm para comentar esta mensagem algumas são inteligentes mas outras são uns ingnorantes de merda, eu já fui ver os prédios que estão quase prontos e tenho duas coisas a dizer. A primeira é que não há cheiro a "mortos" nem a água podre e a segunda é que não há mosquitos, quem vêm para aqui dizer que comprar/alugar casa nesta zona é muito mau, não tem a noção que estamos em crise e secalhar há pessoas que ganham 800€ e essa é uma das pequenas preocupações neste momento. As outras pessoas que falam em catástrofes naturais e riscos que pode haver de inundação, venho lembrar que isto não é um rio, é uma BACIA DE RETENÇÃO, serve apenas para água da chuva e nestes últimos anos tem havido mais secas do que chuva. Obrigado pela atenção
    http://casa.sapo.pt/Apartamento-T2-Alugar-Sintra-Algueirao-Mem-Martins-Cabeco-da-Fonte-tem.Arrecadacao,Aquecimento-Central-53fac3b1-d83e-4b99-8f8a-da7183c32d6b.html?pn=1

    ResponderEliminar