28/06/2013

INEM refoça emergência com ambulância em Algueirão-Mem Martins

Noticia Rádio Ocidente

http://www.radioocidente.pt/noticia.asp?idEdicao=158&id=33926&idSeccao=1490&Action=noticia#.Uc3UCpzzvQV
INEM refoça emergência com ambulância em Algueirão-Mem Martins (foto: INEM)
INEM refoça emergência com ambulância em Algueirão-Mem Martins (foto: INEM)

O INEM vai reforçar a capacidade de resposta a situações de emergência médica com um aumento de 31 meios de socorro no dispositivo nacional de emergência médica pré-hospitalar e sete novas ambulâncias, uma delas ao serviço dos Bombeiros de Algueirão-Mem Martins.

Este é o resultado de um conjunto de alterações que o Instituto vai introduzir em 2013 na sua rede de meios, com o objetivo de melhorar a eficiência do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM).

A reorganização dos meios, tem por objetivo assegurar uma melhor cobertura de meios de emergência pré-hospitalar no território de Portugal continental. Para além disso, dota os Serviços de Urgência Básicos, nomeadamente das regiões mais distantes dos grandes centros urbanos, de ambulâncias de Suporte Imediato de Vida, com técnico e enfermeiro com formação e capacidade de realização de manobras diferenciadas de emergência e reanimação.

Finalmente reforça a capacidade de socorro nos grandes centros urbanos, mais populosos e com mais solicitações de emergência e evita duplicações de meios e desperdícios subsequentes em algumas zonas.

O plano de reorganização de meios do INEM prevê a abertura de 16 novas ambulâncias de Socorro do INEM, em Corporações de Bombeiros, criando-se vários Postos de Emergência Médica em vários postos do país. Ainda a abertura de 8 novas ambulâncias de Suporte Imediato de Vida do INEM, em modelo integrado nos Serviços de Urgência Básico e a abertura de 7 novas ambulâncias de emergência médica operadas diretamente pelo INEM: Algueirão Mem Martins, Coimbra, Guimarães, Sacavém, Seixal, Viana do Castelo e Viseu.

Com esta reorganização da rede de meios, o dispositivo do INEM vai passar a contar, na prática, com um total de 31 novas unidades a nível nacional.


Fonte: Radio Ocidente

Sem comentários:

Enviar um comentário