27/12/2013

Paióis

Em Algueirão Mem Martins existiram alguns paióis, com o objectivo de armazenamento de pólvora, a carga explosiva das granadas e explosivos utilizados em minas, pedreiras e obras de construção civil.
atrás fabrica Messa
Como referência, destaco os locais onde existiram estes depósitos:
   -Cabeço do Sol [Barrosa]
   -Rua do paiol (atual rua Prof. Bento Jesus Caraça) [Algueirão]
   -Atrás Fabrica Messa [Mem Martins]

Devido à falta de conservação, a degradação apoderou-se destes espaços, restando apenas amontoados de pedras ou paredes degradadas.
atrás fabrica Messa

Abaixo, link do Blog Coutinho Afonso, com informação sobre o paiol da Barrosa

http://coutinho-afonso.blogspot.pt/2008/09/o-paiol-de-plvora-da-barrosa.html

1 comentário:

  1. Havia um outro paiol, aliás era o único cuja existência eu sabia até hoje, e que ficava perto da linha do combóio, talvez uns 200 metros para a direita do túnel que fica ao fundo da Afonso Henriques, mais ou menos onde se deu a grave choque de comboios em 62 ou 63. Tinha umas ruínas de uma construção baixa, de pedra, e era cercado por um grupo de eucaliptos, correndo o boato que existia um túnel que o ligava ao castelo dos mouros. Nunca a rapaziada teve coragem de se lá meter até porque tinha muitas silvas e por não dizer, a coragem era pouca para tirar a história a limpo. Memórias de infância...

    ResponderEliminar