17/05/2009

Cruzeiro de Mem Martins


A passagem de Nossa Senhora de Fátima por Lisboa, para os festejos dos 50 anos do Cristo-Rei em Almada (2009), é um bom motivo para recordar a passagem da mesma imagem, na freguesia de Algueirão-Mem Martins.


Foi em 1951, e a imagem de nossa sra de Fátima proveniente do santuário, ficou recolhida na Capela do Sagrado Coração de Jesus, no Algueirão-Velho, na estrada que liga Rio de Mouro à Granja do Marquês


Esta passagem foi um momento marcante e simbólico para todos os habitantes desta povoação, numa altura onde ainda não existia a freguesia de Algueirão Mem Martins, e este espaço territorial pertencia à freguesia de São Pedro de Penaferrim.


Os cerca de 6000 habitantes (nº aproximado), decidiram erguer um monumento de homenagem a este acontecimento, que foi um Cruzeiro, perto de uma das zonas mais importantes de Mem Martins, que era composta pelo Largo do Ti Saloio (hoje, Largo Artur Soares Ribeiro), do Bairro das Eiras, do Casal do Choupos e da Capelinha de Nossa Senhora da Natividade.

Hoje em dia, o "Largo do Cruzeiro" é um dos locais de referência de Mem Martins, mas muitas das pessoas que passam ali diariamente, não fazem a mínima ideia da origem de tal marco.




















Pena é o facto, de não ser possível recolher a informação que lá estava registada, devido a não estar devidamente preservada, como se pode constatar na foto em baixo. 
(clique na foto para ampiliar)

2 comentários:

  1. Bom dia, encontrei o seu blog a partir da página sobre Algueirão Mem Martins da Wikipédia, tenho que admitir que apesar de passar no cruzeiro com relativa frequência nos meus passeios por aí desconhecia a sua origem.

    Contudo fiquei curioso, a Imagem de Nossa Senhora passou pela Frequesia em 1951, contudo o Cruzeiro só foi erguido em 1957?

    Este atraso de 6 anos foi um marco da Pontualidade Portuguesa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura a verba era escassa.

      Eliminar