18/05/2009

Terreno abandonado no Algueirão (SIC - Nós por Cá)

Mais uma vez a freguesia de Algueirão - Mem Martins é noticia na Televisão por maus motivos....

Desta vez foi na SIC, no programa "Nós por Cá", apresentado por Conceição Lino.


O tema foi um terreno situado na Rua de Santo Estevão, no Algueirão, onde existe uma acumulação de águas, e aparentemente de esgotos, que faz a vida negra aos moradores daquela região, bem perto da estação do Algueirão.






Trata-se de mais um claro exemplo da ganância de muitos construtores civis que descobriram nesta freguesia, a sua galinha dos ovos de ouro, e pelo facto de não ser possível construir naquele terreno, abandonaram o local, não se preocupando minimamente com todos os transtornos, que poderiam causar, nas pessoas que ali já residiam. E ninguém reage? Ninguém toma uma atitude? Será que assim está tudo bem?

Aqui fica a reportagem transmitida:
video

Outro assunto que se levanta, é o facto de serpermitida a construção de prédios, apesar de baixa densidade, naquela zona do Algueirão. Para mim, na minha humilde opinião, aquela deveria ser uma zona exclusiva de vivenda, pela história, pelo ambiente calmo e familiar, e por ser uma zona extraordinariamente bem planeada, numa freguesia que mergulha no caos. Eu teria um lema "vivenda por vivenda", mas enfim...






No entanto, prédio a prédio tudo se descaracteriza, e tudo se perde, perdendo belos exemplar de moradias que marcaram uma epóca, uma arquitectura e um estilo de vida.

Deixo apenas uma foto área geral, desta zona do Algueirão, como um exemplo do bom urbanismo e do bom planeamento que aqui se conseguiu implementar à muitos anos atrás, com ruas largas, com traçados ortogonais, como deve ser fácil de constatar nos bons livros de urbanismo e arquitectura. Saudades do passado...


E por falar em buracos e obras abandonadas, para quando a resolução do buranco gigante junto á Feira de Fanares?



4 comentários:

  1. Este é o exemplo acabado do desprezo que as construtoras têm pelas pessoas em geral.

    Quanto a um Algueirão só de vivendas... bem, era essa a tradição de uma das zonas do concelho de Sintra onde até se vivia melhor e onde o sossego (até na hora de estacionar) não era palavra vã. Mas temo que seja por pouco tempo...

    ResponderEliminar
  2. Ola! Retribuindo a visita...interessante o teu espaço...mas nem sei se o deveria ter comentado lol
    Beijo doce

    ResponderEliminar
  3. A construção em altura está a gerar problemas típicos de altas densidades e graves carências ao nível do estacionamento, especialmente para os moradores e sobretudo por causa de quem vem da Cavaleira e quer deixar o carro perto da estação. A R. Eng. Rui Gomes da Silva começa a fazer lembrar algumas zonas "entupidas" de Lisboa, como junto do Mercado de Arroios, onde é tudo menos agradável circular seja a pé ou de carro. Ruas que outrora bastavam para uma zona de densidade média-baixa, não têm dimensão suficiente para receber prédios de 4 pisos. Enfim...

    ResponderEliminar
  4. Curioso que agora passo nesse local e finalmente já está todo tapado. Mas foi complicadíssimo tapar aquilo, tendo em conta a quantidade de tempo que levou! Ainda tentaram desviar o percurso da água canalizando-a através de uma calha artificial em betão e com as cofragens todas inacabadas com ferros à mostra que mais parece indicar que ainda desistiram. Adicionando o cartaz que ali se encontra agora a fazer publicidade aos "patos", eu estou a ver que ainda ali vão enfiar mais uma construção. "Os miúdos que joguem na estrada e é se querem", parece ser a resposta da CM ao continuar insistentemente a permitir este tipo de atrocidades.

    ResponderEliminar