03/10/2017

[Correio da Manhã] Bombeiros de Algueirão-Mem Martins impedidos de fazer peditório em locais de voto

Há 30 anos que os voluntários fazem peditórios. PSP recebeu queixa e exigiu licença.



Os bombeiros de Algueirão - Mem Martins foram, na manhã deste domingo, impedidos de fazer o habitual peditório junto das assembleias de voto da freguesia do concelho de Sintra. Joaquim Leonardo, comandante da corporação, conta o episódio ao CM: "Como acontece há cerca de 30 anos, os bombeiros prestaram ajuda a várias pessoas que tem dificuldades em deslocar-se para votar, ou que precisam de um acompanhamento, por causa da idade. Nestas ocasiões, costumamos levar latas para que cada um possa fazer o seu donativo. Nunca tivemos problemas. Esta manhã, a esquadra da PSP ligou a dizer que tínam recebido uma queixa por estarmos a fazer um peditório. Perguntaram se tínhamos licença. Como não temos, pediram-nos que suspendêssemos o peditório, o que fizemos imediatamente". 

O comandante dos bombeiros diz-se surpreendido pelo sucedido. "Nunca nos tinha sido pedida uma licença. Aliás, eu nem sei que licença é essa ou onde é que ela se tira". Os bombeiros retiraram-se dos locais de voto, cessando também a atividade que estavam a fazer de apoiar os cidadãos mais idosos.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bombeiros-de-algueirao-mem-martins-impedidos-de-fazer-peditorio-em-locais-de-voto

Sem comentários:

Enviar um comentário