11/04/2014

Loja do Cidadão avança em Algueirão-Mem Martins

Fonte 'CMSINTRA'
O presidente da Câmara Municipal de Sintra anunciou esta sexta-feira a instalação de uma Loja do Cidadão na freguesia de Algueirão-Mem Martins, durante uma iniciativa de Presidência Aberta.
Basílio Horta adiantou que o objetivo é instalar em 2015 uma Loja do Cidadão no centro comercial Atribum Chaby, de forma a centralizar naquele espaço postos de atendimento de serviços municipais, serviços da administração central e ainda os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS)
Durante a manhã foram visitados vários locais da freguesia, com o objetivo de anunciar quando e como vão ser resolvidos problemas concretos.
O presidente da autarquia anunciou a requalificação da bacia de retenção em Algueirão, junto ao bairro da Coopalme. Esta intervenção prevê a criação de um espaço de lazer, dotado de equipamentos desportivos e de mobiliário de apoio. Haverá também instalações de apoio à população.
O grupo de trabalho constituído pelo presidente da Câmara, vereadores com pelouro, presidente da Junta de Algueirão-Mem Martins e técnicos da autarquia deslocou-se ainda à antiga fábrica da Messa, onde se pretende instalar um centro de saúde, para substituir o atual, que funciona num prédio de habitação.

A quarta Presidência Aberta encerrou com uma reunião várias associações e instituições locais.

--------------

Noticia 'Sol'


O presidente da Câmara de Sintra anunciou hoje a criação de uma 'cidade da saúde' no terreno das antigas instalações da fábrica Messa, em Algueirão-Mem Martins, projecto que, segundo autarca, é já conhecido pelo Ministério da Saúde.

"O Ministério da Saúde já tem conhecimento desta intenção e também já manifestou interesse. Haverá em breve uma reunião para se ajustar o acordo", disse Basílio Horta (PS) durante uma visita a Algueirão-Mem Martins, no âmbito da iniciativa 'Presidência Aberta'.

Basílio Horta adiantou que o objectivo é centrar diversos pólos de interesse na área da saúde, como um centro tecnológico para a indústria farmacêutica, um centro de saúde com 30 médicos para servir 62 mil utentes.

"Nós temos dinheiro, temos 2 milhões de euros para investir neste projecto. Falta chegar a acordo com o Ministério da Saúde, que prevê que a câmara ceda os terrenos e instalações e ainda 30 por cento do investimento total", acrescentou o autarca.

A construção deste projecto pode passar pela demolição dos actuais edifícios existentes ou a sua requalificação.

"Essa parte ainda não está definida. Se demolirmos tudo, o custo rondará os 800 mil euros, mas há também a hipótese de se manter o edifício 'Nave' e reconstruí-lo. Temos de ver o que sai mais barato e o que é mais viável", concluiu.

Durante a visita pela freguesia de Algueirão-Mem Martins, o autarca de Sintra passou, também, pela Tapada das Mercês, onde pretende fazer obras no Floresta Center, depois avançar para a primeira fase de construção da Quinta da Marquesa e, ainda, construir um Parque Urbano para convívio da população.


Basílio Horta visitou, também, as instalações da futura Loja do Cidadão de Algueirão-Mem Martins no Atrium Chaby.

"Pretende-se que todo o primeiro andar do edifício, cerca de 700 metros quadrados, fique para a Loja do Cidadão, com todos os serviços, mas ainda estamos em negociações", adiantou o vereador de Apoio ao Munícipe, Eduardo Quinta Nova, acrescentando que o espaço deverá estar em funcionamento no primeiro semestre de 2015.

Sem comentários:

Enviar um comentário