12/06/2016

[Correio da Manhã] Homem suspenso na linha férrea

"Um rapaz tentou passar comigo no pórtico de acesso à plataforma do comboio, em Mem Martins, e eu não deixei. E até lhe disse que se quisesse tinha de se meter com outra pessoa", conta o homem, de 36 anos, ao CM. O pior veio depois, quando foi ameaçado. "Disse que quando passasse ia falar comigo e acabou por me agredir com violência", explicou a vítima ao Correio da Manhã. A agressão aconteceu na sexta-feira à noite. Após espancar o homem, o jovem agressor contou com a ajuda de um amigo e juntos tentaram atirar a vítima para a linha, pendurando-a sobre os carris. "Pouco depois passou um comboio. Um homem que estava na plataforma foi falar com os dois rapazes e disse-lhes para me largarem, que era perigoso o que estavam a fazer." 


Terceiro caso na Linha de Sintra em apenas uma semana.

O homem teve de ser assistido no Hospital Amadora- -Sintra e já apresentou queixa na PSP. Este é o terceiro caso violento na Linha de Sintra em apenas uma semana. O primeiro aconteceu na terça-feira à noite quando um revisor foi violentamente espancado por um gang juvenil. A vítima foi transportada para o Hospital Amadora- -Sintra. O caso levou mesmo a CP a pedir uma reunião de urgência com a PSP para haver um reforço policial, sobretudo nos meses de verão. O revisor vai ter de ficar em recuperação mais 15 dias. A agressão foi filmada pelo sistema de videovigilância. Vinte e quatro horas depois deste incidente, um grupo de jovens envolveu-se em desacatos, em Campolide, numa das carruagens, e o comboio teve de ser suprimido. Nesta situação, a PSP foi chamada ao local, mas o grupo acabou por ainda não ser identificado. 

3 comentários:

  1. A CP só se interessa com o dinheiro que entra nos cofres... Quanto ao resto está pouco se lixando!!!

    ResponderEliminar
  2. Isto é sempre assim,quase que somos obrigados a deixar passar alguem conosco nas cancelas,nem pedem licensa,sao brutos e ate assusta quando aparecem de repente a correr

    ResponderEliminar
  3. A insegurança que reina na linha de sintra

    ResponderEliminar