18/11/2016

OpiniãoAMM: Descansa em paz Floresta Center

Texto Fábio Ventura
(Produtor e técnico de espectáculos)




Aqui podia haver um teatro. Aqui houve um teatro. Agora, lá dentro, só faltam passar aquelas bolas do deserto, como nos desenhos animados. 

Perdi a conta às vezes que corri as escolas dos Castelinhos e dos Bandeirinhas a promover espectáculos, perdi a conta aos amigos que chamei para ajudar, perdi a conta ao dinheiro que gastei, do meu bolso muitas vezes, para fazer acontecer coisas aqui. Passava aqui os meus dias (eu e a malta da Byfurcação, com quem eu trabalhava na altura). Para quê? Para agora isto ser um mamarracho que está em frente à estação das Mercês, a fazer sombra aos passageiros dos comboios. 

Que bonito.
(Inserir insultos e vitupérios aqui)


Um dia recupero o texto que escrevi quando isto fechou e mostro-vos. 

Agora estou só triste. Passar aqui, vir aqui dentro, entristece-me. À séria.
Descansa em paz Floresta Center

Sem comentários:

Enviar um comentário