23/11/2010

[Correio da Manhã] Três homens feridos em discussão violenta no Algueirão

Sintra: Três homens feridos em discussão violenta 
Ainda trazia a faca espetada” 
Uma discussão que estalou entre três homens dentro de um café em Algueirão, Sintra, acabou à facada, anteontem à noite. Um dos envolvidos foi mesmo golpeado no pescoço e socorrido pelos proprietários. "Ele ainda trazia a faca espetada e estava cheio de sangue", recordou ontem ao CM uma das testemunhas da agressão.

Segundo informação do INEM, dois dos feridos, de 22 e 32 anos, irmãos, foram transportados para o Hospital Amadora-Sintra. Estes foram o alvo das facadas: um foi golpeado no pescoço e o outro numa perna. O terceiro homem, de 40 anos – que necessitou de receber tratamento por escoriações na zona da cabeça – foi transportado para o Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa. Este será, alegadamente, o agressor dos outros dois e, segundo informações do INEM, estava alcoolizado.

Eram 22h30 e o café Bom Garfo, na rua de Santo António, em Algueirão, estava cheio. "Começou a haver uma discussão entre três homens por causa de umas cervejas. Mandámo-los para a rua e fechámos o gradeamento", refere uma testemunha que não quer ser identificada por receio de represálias. 

Já na rua, os dois irmãos enfrentavam o outro homem, armado com uma faca. Atacaram-se mutuamente e acabaram os três feridos. "Os irmãos acabaram por vir aqui pedir ajuda. Ao que estava golpeado no pescoço, alguém lhe retirou a faca e eu estanquei-lhe o sangue. Ao outro, fiz-lhe um garrote na perna com o cachecol que ele trazia", refere uma testemunha.

Outras testemunhas na vizinhança, ouvidas pelo CM, referem ter havido mais envolvidos na discussão, uma situação que a PSP não descarta uma vez que quando os agentes chegaram ao local ainda viram várias pessoas a dispersar rapidamente. Não houve nenhum detido e os únicos identificados foram os três feridos. No local das agressões ainda eram ontem visíveis várias marcas de sangue. 

1 comentário:

  1. No outro dia assisti a um assalto à mão armada, no novo Office Center em Mem Martins. Como só nos apontaram as pistolas e não houve sangue, não foi noticiado.

    ResponderEliminar