01/01/2014

Cantoneiro Pedro

[texto Nuno Augusto]
Nem só as grandes figuras públicas devem ser homenageadas.... 

De carrinho de mão, vassoura em riste com uma matilha de cães atrás, liderada pelo seu fiel amigo "passa fome", a juntar cartão e ferro velho.... 

Veio da Guiné e por aqui andou muitos anos.... 

Ultimamente já sem os cães e já de muleta... Foi atropelado vezes sem conta o que lhe deu um cambalear característico, quase que poético ou musical, de uma música de verdade, de esforço, de humildade. Porventura vários de nós se perguntarão o que é feito do Pedro, o varredor... 

Pedro Mendes faleceu a 01-10-2012. Terá sido talvez o cantoneiro mais emblemático da freguesia. 

Obrigado por tudo Pedro, pelo humor, pelo trabalho! Para mim fica na memória a forma como me respondia: "Pedro tá tudo bem contigo? - SEMPRE!!!" 

Quem se lembra do Pedro?


15 comentários:

  1. Eu lembro-me dele, uma figura que passava despercebida, não se metia com ninguém e sempre educado. Havia sempre a troca dos "bons dias". De facto, já há muito tempo que não o via. Enfim, foi para "outras" paragens. Paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre com a maior educação desde pequena me lembro também da resposta que me dava, a mim e os meus amigos de rua : Como estás Pedro ? -Sempre menina Ana !
      Obrigado pela homenagem a um homem BOM e TRABALHADOR como foi o Pedro, certamente até merece mais que muita "figura" importante !
      Obrigado !

      Eliminar
  2. Um grande trabalhador,educado,amigo, eu diria, quem não se lembra das histórias,verídicas do " SENHOR PEDRO".

    ResponderEliminar
  3. Lembro-me de le dizer que teve mais um filho da mulher que estava na guine

    ResponderEliminar
  4. - Bom dia, Pedro. Como está?
    - Bem como sempre, sinhor...

    Era a sua resposta lapidar... Paz, meu amigo. Saudades de tempos que não voltam mais... :(

    ResponderEliminar
  5. Grande Pedro descansa em paz foi um grande amigo

    ResponderEliminar
  6. O sr. Pedro foi meu paciente aqui no sub. Tinha uns joelhos que fazia confusao como consegui andar.
    Sempre educado.
    Descanse em Paz

    ResponderEliminar
  7. Grande homem, lembro-me muitas vezes dele, sempre por os mesmos caminhos de carrinho de mão faça chuva faça sol, lembro-me de ele dizer que ia à Guiné que tinha tido mais um filho, era uma comédia, lembro-me de o ver já nos últimos tempos de cadeira de rodas, descansa em paz será uma pessoa que de certo que não vou esquecer

    ResponderEliminar
  8. Pessoa simples muito trabalhadora, lembro-me de ele dizer varias vezes que ia à Guiné que tinha tido mais um filho, era de rir quando dizia isso, fazia chuva ou sol lá ia ele com o carrinho de mão, sempre muito simpático, já para os ultimos dias o vi de cadeira de rodas, será uma pessoa que irei certamente recordar para o resto da vida, descansa em paz Pedro

    ResponderEliminar
  9. Cruzava-me de carro sempre por ele...sempre o vi a trabalhar....com o seu carro de mão ou já apoiado na muleta a arrastar qualquer coisa...que descanse em Paz...

    ResponderEliminar
  10. Não sabia !! Há alguns anos que não moro em Mem-Martins mas quando visito ainda o via de vez em quando ali para as bandas do "Polisuper" que agora é um Pingo Doce (?) ... lembro-me que era realmente um homem de grande coração e com uma capacidade íncrivel para ter sempre aquela boa disposição mesmo levando uma vida sofrida. Lembro-me ainda com algum sorriso a história que o meu pai me contava sobre a alegria que teve quando soube que a mulher que estava na Guiné tinha tido mais um filho ... e que ele não a visitava à algum tempo ... mas contava a toda a gente super feliz !! Paz à sua alma !

    ResponderEliminar
  11. O Sr. Pedro ia aos CTT de Mem Martins telefonar para a Guiné, grande confusão um dia , queria ligar para a Guiné mas tinha de ser antes das 0830h, então combinei com ele que no dia seguinte abrir-lhe -ia a porta antes das 0830h .
    Á hora marcada chegou só estava eu e a Sra. da limpeza , ligou , faloularo no seu crioulo , quando desligou agradeceu e contou com muita graça, há muitos anos que não ia à Guiné mas se a mulher estava a dizer que ele ia ser Pai...é porque ia ser Pai.
    Claro que nunca irei esquecer a história mas sobretudo a sua simpatia.

    ResponderEliminar
  12. O sr. Pedro....sempre de sorriso no rosto,simpático,trabalhador!
    Quando Mem-Martins era uma freguesia pacata onde grande parte das pessoas se conheciam de vista...seria normal sobressair-se uma pessoa como o Sr. Pedro.
    Que descances em paz Pedro...

    ResponderEliminar