02/04/2015

[Jornal de Noticias] Utentes esperam horas pelos comboios em estações apinhadas

Na estação das Mercês, na Linha de Sintra, o JN constatou que às 9 horas, havia pessoas à espera de comboio há mais de duas horas.

"Não passou nenhum comboio, nem para Sintra nem para Lisboa. Estou à espera desde as 6.24" horas, disse ao JN uma utente da CP, Alexandra Baltazar, que esperava comboio para se deslocar para o trabalho nas Olaias, em Lisboa.

Fernanda Heitor, na mesma plataforma apinhada, falava ao telefone, a explicar porque estava atrasada. "Estou na estação e ainda não há comboio. De táxi? Quanto é que vou gastar de táxi?".

A interrogação ficou no ar quando a chamada terminou. Fernanda trabalha na Pontinha e pôs-se a fazer contas à vida, mas sem ver comboios a passar.

As bilheteiras estão fechadas e a estação das Mercês, constatou o JN, está a abarrotar de gente, muita indignada pela falta de serviços mínimos, que as deixa sem transporte e sem alternativa.

Sem comentários:

Enviar um comentário